Filipe Romão: “Foi um resultado totalmente injusto, mas que em nada belisca a nossa excelente época”

Filipe Romão não ficou conformado com a derrota sofrida em Alcochete. Apesar de admitir ‘pecados’ na sua equipa, em especial a nível ofensivo, o técnico lembrou a atuação da equipa de arbitragem que fez tombar a balança para a equipa da casa.

Derrota a fechar a época: Terminámos a época da forma que menos desejávamos: Com uma derrota.

Arbitragem destacou-se pela negativa: Não faz parte do meu registo responsabilizar os árbitros pelos resultados dos jogos. Todavia, hoje foi um dia bastante infeliz para a arbitragem da Associação de Futebol de Setúbal.
Foi um jogo totalmente condicionado e tendencioso para a equipa da casa, não querendo claramente que o Fabril alcançasse mais uma vitória.
Quando o árbitro principal diz a um jogador da nossa equipa que já temos a época feita e que o Alcochetense precisa do resultado, justifica completamente as péssimas decisões da equipa de arbitragem que se verificaram ao longo de todo o encontro.

Análise ao jogo: No que diz respeito ao mais importante que é a análise do jogo propriamente dito, consideramos ter defrontado um adversário muito bem organizado defensivamente, no seu meio-campo, tendo apostado num bloco baixo e em situações de contra-ataque e ataque rápido.
Pecámos no último terço ofensivo, sobretudo no último passe ou no momento da execução.
O adversário faz o primeiro golo através de uma situação de contra-ataque. O segundo golo resultou de um remate completamente inesperado a meio do meio-campo.
Foi um resultado totalmente injusto, mas que em nada belisca a nossa excelente época.

.