Esteves, Bruno Modesto e João Saraiva treinaram com os seniores

O projecto da coordenação da formação do GD Fabril, de integrar jogadores num contexto mais exigente, continua em prática e mais jogadores da formação tem sido chamados ao plantel principal do Clube.

Os Juniores Esteves, Bruno Modesto e João Saraiva tem sido também chamados ao plantel orientado por Nuno Guia, em resultado desse mesmo projecto.

“Tem sido uma experiência bastante boa, diferente do que alguma vez fiz. É muito benéfico, é assim que se evolui a meu ver, treinar e estar com alguém que sabe mais que nós é das melhores formas de aprendizagem”, disse o jovem Esteves lembrando ainda que tem sido muito bem recebido. “Sim totalmente, fui muito bem acolhido pelos seniores, eles demonstram uma certa preocupação por nós, por sermos mais novos”.

Também Bruno Modesto, capitão da equipa de Juniores, mostrou-se feliz com a experiência e por sentir que tem aprendido ainda mais.
“Treinar com esta equipa de seniores é uma excelente experiência e estou muito grato pela oportunidade de poder trabalhar com esta equipa muito competitiva. Ter a oportunidade de trabalhar com esta equipa tem sido muito benéfico para mim, aprendemos muito com jogadores que têm mais experiência e tentamos pôr em prática aquilo que sabemos fazer, tendo em atenção aquilo que podemos melhorar com o ensinamento de quem tem mais experiência que nós”, disse Modesto lembrando ainda a forma como foi recebido no grupo.
“A equipa recebeu-me muito bem, o ambiente do grupo de trabalho é excelente e conseguem fazer com que nós, mais novos, nos sintamos integrados e motivamos para poder aproveitar os treinos ao máximo”.

Por fim também o jovem João Saraiva não escondeu que a experiência tem sido bastante boa para a sua evolução e elogia a forma de trabalhar do Clube.
“Tem sido excelente e muito bom saber que o clube está interessado nos escalões a baixo e que conta connosco para o futuro. Na minha opinião tem sido extremamente benéfico para mim pois é sempre preciso dar um bocadinho mais de nós devido à diferença no físico e intensidade e só assim é que se consegue evoluir”, explicou João Saraiva lembrando, assim como os seus colegas, que foi muito bem recebido pelo plantel sénior.
“Desde o início que os jogadores e os treinadores nos acolheram de forma excelente, sempre a motivar e a fazerem com que nós déssemos o nosso máximo”.

.